15 junho 2008

Candomblé e Umbanda. Qual a diferença?

O candomblé é uma religião iniciática, que apesar de bem deturpada, tem seus fundamentos nas religiões tribais africanas (milenares) trazidas pelos escravos para o Brasil. E com eles vieram os orixás africanos, todos negros, sem mistura de credo, pois não conheciam as religiões católica e espírita nem de longe (os escravos).A umbanda foi criada por volta de 1900, não se sabe exatamente a data, no Rio de Janeiro, onde o primeiro babá de terreiro criou as regras, ou foram ditas por seus guias, assim foi criada a umbanda, que hoje, já não se sabe mais o que é realidade ou fruto de imaginação.

A mistura é tão grande, e a imaginação de cada um vai tão longe, que foram criando falanges e mais falanges que não se entende mais nada, nem os próprios umbandistas sabem dar certas explicações. A umbanda começou com os caboclos (espíritos de índios brasileiros) e pretos velhos (espíritos dos escravos), depois foram aparecendo novas entidades como ciganos, indianos, já tem gente incorporando Cleópatra, Messalina, Afrodite, Lampião, etc... dá prá acreditar?

E os que dizem incorporar Lúcifer, Belzebu e outros, não que eu queira ser a dona da verdade, que não sou mesmo... mas haja imaginação hein?

Freqüentei umbanda durante 9 anos, respeito a umbanda séria e acredito nos guias de umbanda, (pois os que conheci mereciam respeito), mas aprendi a separar mistificação, de entidades de verdade, pois acredito que o maior problema da umbanda seja esse, as pessoas não saberem distinguir um do outro.

Na minha opinião, toda religião é boa, desde que não seja usada para ludibriar as pessoas ingênuas e crédulas. Toda pessoa precisa acreditar em alguma coisa, ter fé, mas também precisa ter o bom senso de desconfiar de vez em quando, nem tudo o que vemos e ouvimos é o que parece ser.

Independente das religiões, o ser humano é dotado, uns mais outros menos, de poderes paranormais ou seja vidência, audiência, telepatia, telecinese e outros, até poder de cura através das mãos, (que a pessoa já nasce com eles sem fazer parte de nenhuma religião, muitos morreram nas fogueiras por terem tais poderes, eram chamados de bruxos, na idade média), que infelizmente são usados através de religiões, com finalidades nem sempre honestas.

Segunda diferença entre candomblé e umbanda:

Antigamente na religião africana, existia uma separação entre o culto de Egun e o culto de orixá, era bem definido e os locais de culto eram independentes e separados. Exemplo disso, podemos ver nas casas de candomblé da Bahia (casas de Ketu tradicional), onde se cultua orixá, (tem apenas um quarto onde são homenageados os eguns dos filhos da casa que já morreram), os Eguns dos pais de santo, são cultuados em outras casas, as mais conhecidas estão na Ilha de Itaparica.

Também acho uma discriminação, mulher quando morre não é egun, é alma, sendo cultuadas em outras casas.

Nessas casas onde são cultuados os babá Egun, também é feita uma separação bem definida, quando um babá Egun está dançando no barracão e vira um orixá de alguém que esteja assistindo, em respeito ao orixá, esse babá Egun se retira da sala e só volta quando o orixá tiver ido embora. No candomblé, o único motivo de se usar contra-egun, é para que um egun não incorpore em uma pessoa iniciada para o orixá.

A coisa tá tão complicada de se entender, que a maioria das babás de terreiro usam como símbolo de cargo um mocan no pescoço, isso quando não usam senzala de búzios e contra-egun também, feitos de palha da costa, usado no candomblé exatamente para que eguns não se apoderem das pessoas.

A conclusão que eu cheguei é a seguinte:

A umbanda não é iniciática, portanto não tem feitura de orixá.
As entidades que incorporam na umbanda não são orixás, são guias.
Nem tudo que vemos incorporado na umbanda são guias, pode ser fruto da imaginação muito fértil de algumas pessoas (com exceções).
No candomblé tem gente feita de santo que continua virando com guias de umbanda, isso não é novidade, é até muito freqüente de se ver. (vide texto anexo do Prof. Reginaldo Prandi).

Mas dizer que foi feito de um orixá na umbanda, prá mim é novidade... a não ser que o pai de santo tenha sido feito, mas aí a casa deixa de ser umbanda e passa a ser de candomblé e que também toca umbanda.

Peço desculpas, aos umbandistas, não quis com isso ofender ninguém, apenas tentei colocar como vejo a situação da umbanda e do candomblé nos dias de hoje, e peço que as pessoas leiam mais e procurem se orientar melhor, não estou querendo dizer com isso, que o candomblé seja a religião perfeita, porque não é mesmo, tem muitas falhas principalmente por deturpação de muitos pais e mães de santo.

Nos candomblés bantus tradicionalmente sempre existiu a presença do caboclo, mas é um caboclo diferente do que incorpora na umbanda, não dá prá confundir são totalmente diferentes.

Com isso quero dizer que existem umbandas sérias e candomblés sérios, mas que precisam ser distinguidos.
E esse é o X da questão.
Fonte: Texto de Jurema Oliveira (Jurema D’Oxum)
http://www.sobresites.com/candomble/artigo2.htm

12 comentários:

TUAMA disse...

apenas complementando o camdomblé trabalha com energias da natureza ao qual se da o nome de orixás apenas para referencia do tipo de energia com que se está lidando, o povo yourubá associa a natureza ao ser humano e cada ser humano tem a sua natureza, o auto conhecimento é primordial nesses estudos e a feitura de santo nada mais é do que aproximar o ser humano de si mesmo e do seu caminho, mediante as forças naturais que o influenciam.
A umbanda nasceu com a rejeição das mesas kardecistas a espiritos de pessoas que morreram na senzala, ou indios (caboclos), que por sua vez eram considerados pelo kardecismo como espiritos sem instrução o espirito que iniciou a umbanda um tal caboclo sete encruzilhadas disse "infelismente até mesmo depois da morte o homem quer ser melhor que os seus irmãos" ele quis mostrar que na humildade também havia um caminho para a evolução espiritual, então se separaram das mesas kardecistas e tomaram emprestados nomes da cultura yourubá ligando certos espiritos as forças da natureza.
o camdomblé trabalha com elementais da natureza, não com espiritos que para eles tem o nome de egúns, e a umbanda é uma religião cristã que tem aspectos praticos muito parecidos com os do kardecismo com a diferença de que os espiritos são de uma linha mais humilde.

Anônimo disse...

Sou babalorixa e adorei sua explicação, apesar de algumas inverdades ou falta de pesquisa, sobre os mortos mulheres não virem egun é mentira todos viramos egun, que significa Ossos humanos, porém as mulheres se trasforma em espiritos que pelo grau de conhecimento maior, ficam juntas e são cutuadas sim, só que não na incorporação como os dos homens e sim em forma de espiritos uno e depois encarnarão novamente podendo se tornar homem.

Laísa disse...

Olá Tuama,

Apenas para não gerar dúvidas: O Espiritismo não rejeita a manifestação de escravos, caboclos, pretos velhos ou indios. Muitas dessas entidades se apresentam sim durante as reuniões mediúnica, principalmente em trabalhos de cura.
E sim, com certeza todos temos nosso caminho de crescimento, independente de conhecimento intelectual. O crescimento do Espírito diz respeito a seu nível de evolução moral e não intelectual. Existem muitos espíritos inteligentes cujos objetivos não são lá muito altruistas.

Somos todos irmãos!
Muita Paz!

Anônimo disse...

Queridos irmãos, O Candomblé costumo dizer é uma potencia, transmustar energia é maravilhoso, mas infelizmente, para algumas pessoas(na maioria) acham-se no topo do poder e passam a humilhar,manipular, e como eles propios dizem, quem é de candomb´le, não discute age, dentro das casas de Exus, outra coisa que eu vi, foi aelasticidade moral, lá tudo é permetido, por motivos alheios a mim, (mas volto, não existe vitimas) cai num terreiro de Candomblé, e creiam reunir forças pedi de joelhos a Deus que me lbertasse e voltei para o Kardecista, o qual sair por invigilancia, hoje sinto vergonha e remosso do que fui capaz de presenciar e compactuarQuerem um conselho: Procurem um Centro Espirita de responsabilidade, vcs estarão mais seguros, n tera a certesa de cruzarem com certas pessoas de carater duvidosos que usaram de "trabalhos" para subjudar vc.

Anônimo disse...

Queridos irmãos, O Candomblé costumo dizer é uma potencia, transmustar energia é maravilhoso, mas infelizmente, para algumas pessoas(na maioria) acham-se no topo do poder e passam a humilhar,manipular, e como eles propios dizem, quem é de candomb´le, não discute age, dentro das casas de Exus, outra coisa que eu vi, foi aelasticidade moral, lá tudo é permetido, por motivos alheios a mim, (mas volto, não existe vitimas) cai num terreiro de Candomblé, e creiam reunir forças pedi de joelhos a Deus que me lbertasse e voltei para o Kardecista, o qual sair por invigilancia, hoje sinto vergonha e remosso do que fui capaz de presenciar e compactuarQuerem um conselho: Procurem um Centro Espirita de responsabilidade, vcs estarão mais seguros, n tera a certesa de cruzarem com certas pessoas de carater duvidosos que usaram de "trabalhos" para subjudar vc.

Marcelo / Vila Velha - ES disse...

Caro Amigo,
estas equivocada com relação a algumas "posturas", recomendo que leia o livro "causos de umbanda", "tambores de angola".

Primeiro diferença.
- A UMBANDA é MONTEISTA.
- O CANDOMBLÉ é POLITEISTA

Segunda diferença.
- A UMBANDA (os guias) trabalham dentro do livre arbítrio para auxiliar o consulente.
- No CANDOMBLE (os guias..) fazem o que o consulente pede.

Terceira diferença.
- Na UMBANDA não existe sacrifícios de animais, mas existem oferendas de velas, charutos, maráfo (aguardente), frutas e comidas.
- No CANDOMBLE existe sacrifício de animais

Quarta diferença.
- Na UMBANDA os Orixás são MANIFESTAÇÕES das variadas irradiações de DEUS...
- No CANDOMBLE os Orixás são
Estas são DEUSES

Quinta diferença.
- A UMBANDA trabalha na lei da caridade e TODOS OS TRABALHOS SÃO GRATUITOS.
- No CANDOMBLE os trabalhos podem ser pagos.

================================
Com relação a UMBANDA é bom saber alguns detalhes importantes.
- A UMBANDA trabalha na lei da CARIDADE e do AMOR, portanto todos os trabalhos são gratuitos, se algum local fizer trabalhos e cobrar então está saindo do que é dito com UMBANDA.
- Existem tipos de UMBANDA
1) UMBANDA pura (sem parte doutrinária)
2) UMBANDA ESOTÉRICA (trabalha o esoterismo, com pontos traçados,etc)
3) UMBANDA INICIÁTICA (possui graus de elevação)

Os guias da UMBANDA não são os mesmos que trabalham em outros "locais", a elevação é espiritual e propósitos são diferentes. Na Umbanda só se faz "CARIDADE", acho infeliz ver letreiros dizendo que fazem trabalhos de "UMBANDA", amarração, etc... coisas que fogem do espiritismo sério , que é o apregoado pela Umbanda.

Não é correto dizer que os Orixas cultuados na Umbanda sãos os mesmos de outras "religiões", pois conforme expliquei, os ORIXAS na Umbanda são as manifestações de DEUS.

veja alguns exemplos:
ORY - irradiação de Deus na Natureza Espiritual, vibrações do Oriente
OXALÁ - a Vontade de Deus Manifesta pelo filho Jesus,
YEMANJÁ - vibração de Deus na Fonte da Procriação e Vida, na Natureza das Águas,
OGUM - o Senhor Jeovah, o Deus dos Exércitos,
OXOSSI - vibração de Deus na Natureza Vegetal,
XANGÔ - vibrações de Deus pela Justiça e da Natureza Mineral e
CONGO - vibrações de Deus junto aos Homens, da Terra inteira
Agora a minha visão pessoal é a seguinte:

Não tenho nada contra outras religiões ESPIRTUALISTAS , mas para se falar de UMBANDA é necessário estudo sério e sistemático, o que somente é possivel ao longo de vários anos de estudo e convivência com os guias.
Não é correto comparar os Orixas cultuados na UMBANDA com os dos Candomblé, pois são bem coisas muito diferentes.

Marcelo / Vila Velha - ES disse...

(parte 1) Caro Amigo,
estas equivocada com relação a algumas "posturas", recomendo que leia o livro "causos de umbanda", "tambores de angola".

Primeiro diferença.
- A UMBANDA é MONTEISTA.
- O CANDOMBLÉ é POLITEISTA

Segunda diferença.
- A UMBANDA (os guias) trabalham dentro do livre arbítrio para auxiliar o consulente.
- No CANDOMBLE (os guias..) fazem o que o consulente pede.

Terceira diferença.
- Na UMBANDA não existe sacrifícios de animais, mas existem oferendas de velas, charutos, maráfo (aguardente), frutas e comidas.
- No CANDOMBLE existe sacrifício de animais

Quarta diferença.
- Na UMBANDA os Orixás são MANIFESTAÇÕES das variadas irradiações de DEUS...
- No CANDOMBLE os Orixás são
Estas são DEUSES

Quinta diferença.
- A UMBANDA trabalha na lei da caridade e TODOS OS TRABALHOS SÃO GRATUITOS.
- No CANDOMBLE os trabalhos podem ser pagos.

================================
Com relação a UMBANDA é bom saber alguns detalhes importantes.
- A UMBANDA trabalha na lei da CARIDADE e do AMOR, portanto todos os trabalhos são gratuitos, se algum local fizer trabalhos e cobrar então está saindo do que é dito com UMBANDA.
- Existem tipos de UMBANDA
1) UMBANDA pura (sem parte doutrinária escrita e nem graus iniciaticos)
2) UMBANDA ESOTÉRICA (trabalha o esoterismo, com pontos traçados,etc)
3) UMBANDA INICIÁTICA (possui graus de elevação e parte doutrinária codificada)

Os guias da UMBANDA não são os mesmos que trabalham em outros "locais", a elevação é espiritual e propósitos são diferentes. Na Umbanda só se faz "CARIDADE", acho infeliz ver letreiros dizendo que fazem trabalhos de "UMBANDA", amarração, etc... coisas que fogem do espiritismo sério , que é o apregoado pela Umbanda.

Marcelo / Vila Velha - ES disse...

(parte 2)...continuação
Não é correto dizer que os Orixas cultuados na Umbanda sãos os mesmos de outras "religiões", pois conforme expliquei, os ORIXAS na Umbanda são as manifestações de DEUS.

veja alguns exemplos:
ORY - irradiação de Deus na Natureza Espiritual, vibrações do Oriente
OXALÁ - a Vontade de Deus Manifesta pelo filho Jesus,
YEMANJÁ - vibração de Deus na Fonte da Procriação e Vida, na Natureza das Águas,
OGUM - o Senhor Jeovah, o Deus dos Exércitos,
OXOSSI - vibração de Deus na Natureza Vegetal,
XANGÔ - vibrações de Deus pela Justiça e da Natureza Mineral e
CONGO - vibrações de Deus junto aos Homens, da Terra inteira
Agora a minha visão pessoal é a seguinte:

Não tenho nada contra outras religiões ESPIRTUALISTAS , mas para se falar de UMBANDA é necessário estudo sério e sistemático, o que somente é possivel ao longo de vários anos de estudo e convivência com os guias.

GEAL - Grupo de Estudos André Luiz disse...

Obrigada a todos pela contribuicao neste post!
Paz sempre!

Marcelão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

Meu Deus, ante de comentar algo sobre a Umbanda, precisa pesquisar. Ciganos e Indianos atuam na chamada Linha do Oriente. Pesqise mais antes de escrever. Mais respeito.

WILSON MORENO disse...

O perigo das macumbas, muitas pessoas nada sabem desses perigos. Os Espíritos de Luz ou Espíritos Superiores já mais vão pedir charutos, cachaça, cigarros,sacrifícios de animais e despachos, essas praticas só podem atrair pela sintonia vibratória espíritos desencarnados apegados a matéria e aos vícios terrenos, ou seja, espíritos inferiores e obsessores.Os Espíritos Superiores são Virtuosos em seus ensinamentos, eles procuram moralizar, educar e espiritualizar os seres humanos, incentivando a pratica sincera do bem e das Virtudes. Os espíritos apegados a matéria tratam de assuntos vulgares sem elevação moral, assuntos, como, sorte no jogo, volta da pessoa amada, sorte com as mulheres, melhoria nas finanças, trabalhos para prejudicar desafetos etc. Os Espíritos Superiores já mais vão se manifestar num centro para pedir charutos, cachaça e sacrifícios de pobres animais, isso é ridículo, os animais são nossos irmãos menores na escala evolutiva, devemos respeitar e amar os animais, quem pede esses absurdos são os espíritos da escuridão, cuidado, muito cuidado, eles gostam de enganar as pessoas usando uma linguagem melosa, suave, doce, com palavras bonitas, eles falam macio, tudo para seduzir as pessoas que estão nesses ambientes de baixa espiritualidade. Eles também usam Nomes pomposos, importantes e sedutores para mistificar. Vou deixar uma pergunta, vocês acham que os Espiritos de LUZ vão pedir despachos, cachaça, charutos, sacrificios de pobres animais inocentes??? O ser humano é um Espirito encarnado no mundo terra para evoluir e se melhorar moralmente, ser bom, honesto, correto, trabalhador, sem vicios, cultivar as Virtudes e os valores morais superiores, é seu DEVER, cumprindo com o seu dever moral ele consegue vencer e evoluir.Devemos nos afastar dos ambientes de baixo nivel moral, por que, nesses ambientes perambulam espiritos inferiores e pertubadores. O ser humano é composto de dois elementos Espirito e materia, o Espirito é a Força inteligente o ser pensante, a materia corporal não pensa e nem sente, portanto, se conhecer como Espirito encarnado com Deveres Morais para cumprir já é uma iniciação para as verdades superiores.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails